A eficácia dos métodos modernos de tratamento da prostatite

A prostatite encabeça a lista de doenças masculinas comuns. Desenvolve-se como resultado da inflamação dos tecidos moles da próstata. A doença afeta o bem-estar de um homem e a qualidade de sua vida íntima. Existem muitas maneiras tradicionais de tratar a doença. Mas os especialistas não param de descobrir novidades no tratamento da prostatite. Técnicas modernas permitem lidar com o problema rapidamente e sem consequências para a saúde. Uma abordagem integrada é considerada um pré-requisito para o sucesso do tratamento.

Métodos modernos de tratamento da prostatite

Na maioria dos casos, a prostatite é diagnosticada nos estágios mais avançados, quando se torna crônica. A base do tratamento é a ingestão de agentes antibacterianos e não esteroides com efeito analgésico. Em casos complicados, os alfa-bloqueadores são selecionados para um homem.

Para maior eficácia do tratamento, outros métodos de influenciar a próstata também são usados. Nos últimos anos, muitas coisas novas apareceram no tratamento da prostatite.

Os procedimentos de fisioterapia são particularmente solicitados:

  • terapia de radiofrequência;
  • estimulação elétrica;
  • dilatação da uretra por balão;
  • EHF-terapia;
  • tratamento a laser;
  • terapia de ozônio.

Os métodos modernos de tratamento da prostatite estão focados em melhorar a circulação sanguínea na área genital. Devido a isso, os processos estagnados que contribuem para o processo inflamatório na próstata são eliminados.

Os procedimentos podem ser realizados tanto no hospital como em ambulatório. O tratamento da prostatite crônica é realizado levando em consideração patologias concomitantes e características individuais do corpo.

terapia a laser

A terapia a laser é um procedimento que envolve o uso de um poderoso feixe de luz que aquece uma área da superfície da pele. Devido a isso, os processos metabólicos nas células da próstata são melhorados e o processo de regeneração das áreas afetadas é acelerado.

O procedimento é realizado não apenas para o tratamento da prostatite, mas também para fins preventivos.

As contra-indicações para o procedimento incluem:

  • forma aguda da doença;
  • formações oncológicas;
  • hemofilia;
  • patologias agudas do trato respiratório.

O procedimento para restaurar a função da próstata com a ajuda da exposição ao laser tem lados negativos e positivos. As desvantagens incluem um alto risco de queimaduras e uma violação do processo de produção de testosterona.

tratamento a laser de prostatite

As vantagens do método incluem:

  • curto período de recuperação;
  • baixa probabilidade de complicações;
  • prevenção de recaídas;
  • fortalecimento dos vasos sanguíneos na área pélvica.

Acima de 65 anos, a terapia a laser para prostatite não é realizada.

terapia de RF

A terapia térmica por radiofrequência é amplamente utilizada no tratamento de diversas doenças. Na medicina, tem um segundo nome - termoterapia. A energia da radiação de radiofrequência produz aquecimento das camadas profundas da pele.

Isso permite que você obtenha o seguinte efeito:

  • eliminação de sensações dolorosas;
  • remoção de inchaço;
  • expansão dos vasos sanguíneos;
  • oxigenação dos tecidos.

No tratamento da próstata, a terapia de radiofrequência é usada para limitar a destruição dos tecidos dos órgãos. Ele permite que você libere a uretra da pressão da próstata edemaciada.

Como resultado disso, a função da micção é normalizada em um homem. Em 75% dos casos, a melhora do bem-estar é observada dentro de 3-4 semanas de tratamento.

O procedimento é realizado em regime ambulatorial, sob a supervisão de pessoal médico. O curso geral de tratamento inclui 3-10 visitas à sala de fisioterapia. A duração do procedimento é de 20 minutos. Depois de realizado, o paciente fica sob a supervisão de médicos por pelo menos uma hora. O médico seleciona o regime de tratamento individualmente.

estimulação elétrica

Durante a estimulação elétrica, ocorre a contração muscular, devido à qual os tecidos da próstata são liberados de substâncias tóxicas e fluido estagnado. O objetivo do procedimento é reduzir o volume da próstata devido à influência da corrente elétrica de baixa frequência.

Durante a sessão de tratamento, um cateter equipado com eletrodos é inserido na uretra. O paciente neste momento está deitado de costas, dobrando as pernas. O médico direciona a força atual manualmente, focando no bem-estar do homem.

Se o procedimento for realizado por via endorretal, o reto é liberado anteriormente. Com formações malignas de um abscesso e uma forma aguda da doença, o tratamento não é realizado.

O resultado da estimulação elétrica é o seguinte:

  • eliminação de sensações dolorosas;
  • normalização da circulação sanguínea;
  • aumento da ereção;
  • restauração da função urinária.

Terapia de ozônio

Um dos mais novos métodos de tratamento da prostatite é a terapia com ozônio. É o processo de introdução de solução de cloreto de sódio isotônico ozonizado na abertura retal. A concentração ideal de ozônio é de 2, 0 µg/ml. O curso do tratamento inclui de 12 a 15 procedimentos.

ozonoterapia para prostatite

A terapia com ozônio é combinada com antibióticos e massagem da próstata. Ao usar este método de tratamento, uma melhora significativa no bem-estar foi observada por 93% dos pacientes. O procedimento é usado não apenas como um complemento à terapia medicamentosa principal, mas também como um tratamento independente.

Dilatação de balão da uretra

O tratamento moderno da prostatite com a ajuda da dilatação da uretra por balão ajuda a eliminar os sintomas do processo patológico. A principal vantagem do procedimento é a ausência de dor. Em alguns casos, um exame de ultra-som é feito durante o mesmo.

O procedimento envolve a introdução de um tubo endoscópico na uretra, no final do qual há um balão inflado. Com a ajuda dele, o lúmen da uretra se expande.

Em casos complicados, este método de tratamento é combinado com stent. Um cilindro especial é colocado na área da uretra, o que impede o processo reverso de estreitamento.

O que é terapia a vácuo?

A restauração a vácuo da próstata envolve o uso de um dispositivo especial. As desvantagens da terapia a vácuo incluem a falta de impacto na raiz do problema. O dispositivo elimina apenas os sintomas da doença. Portanto, recomenda-se usá-lo em conjunto com o tratamento médico ou métodos cirúrgicos.

As contra-indicações para o procedimento incluem:

  • diabetes;
  • Doenças do sistema circulatório;
  • problemas psicológicos;
  • forma aguda da doença.

A terapia a vácuo visa trazer o pênis para um estado ereto. O dispositivo utilizado durante o procedimento garante o fluxo sanguíneo para a pequena pelve, o que normaliza o funcionamento da próstata.

O princípio do efeito da terapia a vácuo no corpo masculino é o seguinte:

  1. O pênis é colocado no cilindro da bomba, após o qual todo o ar é bombeado para fora.
  2. O sangue corre para a pequena pélvis, levando o pênis a um estado de ereção.
  3. O anel de compressão é transferido para a base do pênis.
  4. O ar é puxado para dentro da bomba e depois removido dela.

Como a termoterapia afeta o tratamento da prostatite?

A terapia de calor é considerada uma maneira suave de influenciar a próstata. Comparado ao tratamento medicamentoso, é mais eficaz, mas não leva às complicações que a cirurgia pode causar. Para criar e manter uma determinada temperatura, é utilizada energia de laser, micro-ondas ou radiofrequência.

O procedimento permite que você destrua rápida e perfeitamente as células patológicas da próstata.

O aquecimento dos tecidos da próstata pode ser superficial ou profundo. Com sua ajuda, os órgãos do sistema geniturinário são higienizados e as condições para a terapia medicamentosa são melhoradas.

O resultado do tratamento é o seguinte:

  • otimização do metabolismo local;
  • aumento da imunidade local;
  • aumento do fluxo sanguíneo arterial e capilar;
  • aumentando a permeabilidade das membranas celulares.

A termoterapia pertence ao grupo de procedimentos minimamente invasivos com alto grau de eficiência. Não é usado como tratamento primário. Na maioria das vezes, a termoterapia aumenta o efeito da terapia medicamentosa.

O princípio de exposição depende do regime de temperatura usado durante o tratamento:

  1. A uma temperatura na região de 45 ° C, as células patológicas são destruídas, mas as saudáveis não são afetadas.
  2. Na faixa de 45°C a 70°C, ocorrem alterações necróticas nos tecidos da próstata.
  3. Quando a temperatura atinge 100°C, o volume do órgão inflamado diminui.

Apesar da alta eficiência do procedimento, ele não é realizado em todos os casos. Isto é devido à alta probabilidade de complicações.

Estes incluem hematúria, espasmos da bexiga, disúria e dor na uretra. O procedimento é proibido para doenças do sangue, transtornos mentais e uso de marca-passos ou próteses articulares.

Novos medicamentos para prostatite

O mercado farmacêutico tende a se atualizar constantemente. Nos últimos anos, muitos medicamentos surgiram para o tratamento da prostatite. As drogas são caracterizadas por uma rápida penetração nos tecidos da próstata e um efeito cumulativo.

O tratamento da prostatite em homens requer muita força e paciência. É muito mais difícil tratar uma doença do que tomar medidas preventivas a tempo. Existem medicamentos que normalizam o trabalho da próstata, impedindo assim o desenvolvimento do processo inflamatório.

É estritamente proibido tomar medicamentos para prostatite sem receita médica.

Últimas notícias sobre novas formas

Como resultado de estudos recentes de cientistas americanos, descobriu-se que as células cancerosas são capazes de se adaptar às condições criadas no corpo durante o tratamento com drogas. Por isso, é muito importante usar novos métodos para combater a doença.

O câncer de próstata é mais frequentemente tratado com um medicamento especial. Apesar de sua eficácia, causa danos mínimos às células saudáveis do sistema reprodutor masculino.

Além disso, preparações hormonais são usadas:

  1. Drogas antiandrogênicas são usadas para bloqueio androgênico em combinação com hormônios hipofisários.
  2. As gonadotrofinas são necessárias para reduzir a concentração de testosterona.
  3. Drogas semelhantes à hipófise bloqueiam a produção de hormônios sexuais.
medicamentos para prostatite

Os métodos experimentais mais recentes de tratamento também incluem a viroterapia. Envolve o uso de vírus modificados que eliminam as células cancerígenas. Um representante proeminente desta categoria de medicamentos é o ECHO 7 Rigvir. Durante seu uso, observa-se a restauração das defesas imunológicas do organismo.

Todos os anos há mais e mais medicamentos para prostatite. Antes de usar pílulas na luta contra a doença, você deve consultar um médico e passar por um exame prolongado do corpo. Somente neste caso, a terapia terapêutica será o mais produtiva possível.